Poemínimos Múltiplos

amarelinha

.

Amar é linha torta

escrita por deus

na terra

entre o céu e o inferno

uma brincadeira

.

.

.

.

.

.

.


com labor

.

O trampo

é mãe-de-obra

prima da arte

.

.

.

.

.

.

.


incentivo à escritura

.

Leitores não lêem porque

escritores escrevem como

monges versando a ateus

sermões que judiam

de pai para filho

.

.

.

.

.

.

.


a verdade

.

Está em tudo

em tudo aquilo que não vemos

feita pela justiça

cega olho por olho

Ninguém suporta

o sádico adora

porque dói

na consciência

.

.

.

.

.

.

.

umbigo

.

As verdades

tão relativas quanto

mentiras são

Mas há o rei na barriga

não se ofenda pois

.

.

.

.

.

.

.


pergunta de novo

.

O que diria

a justiça divina

sobre o beijo roubado

de um amor platônico?

.

.

.

.

.

.

.

velho ressalva ditado

.

A barba não faz o filósofo

que por sua vez

não faz a barba

.

.

.

.

.

.

.

jovem ditado

.

Em terra de cegos

quem tem um olho

é louco

.

.

.

.

.

.

.

é meio pela metade

.

O recado impensado

foi passado sem tempo

[enviar]

um e meio é pouco

dois e-mails é demais

.

.

.

.

.

.

.

matou-se

.

Atirou os sonhos pela goela

e acabou com a própria vida

.

.

.

.

.

.

.

olhar de leite (in natura)

.

O roxo da quaresmeira

e o verde musgo quando chove

são deleites sutis

que enchem olhos desnatados

.

.

.

.

.

.

.

a lagartona

.

Foi varrida

como uma folha

verde viva

.

.

.

.

.

.

.

floressência

.

A flor esquisita

e feia

nem adianta

é poesia

.

.

.

.

.

.

.

tempero

.

Chocolate amargo

vinho seco

pele suave

beijo doce

.

.

.

.

.

.

.

faz parte da rima

.

A vida não é só alegria

embora tenha sido esta semana

por um dia

.

.

.

.

.

.

.

nubiloso

.

Os sentimentos

escolhem a gente

em dias nublados

como “Este aqui!”

.

.

.

.

.

.

.

sal grosso

.

Ó, dúvida vilã

me rouba da vida o tempo

e não deixa passar o tempero

que peço por favor

não me leve à mão

seu mal que passado arde

.

.

.

.

.

.

.

deus me livre

.

Se houve um domingo horrível

foi esse

Se eu quis morrer um dia

foi hoje

Se o tédio existe

não duvido

Se isto é vida

desisto

.

.

.

.

.

.

.

o tédio para com o temp0

.

bastaria uma virtude

para a tarde livre

me passar voando

.

.

.

.

.

.

.

extrema-insônia

.

Bendito seja

louvado este dia

que ainda não acabou

comigo

.

.

.

.

.

.

.

estou pedido

.

Amor,

banha minha mão e

lava-me a boca e

os olhos se não

for pedir muito a alma

também, por favor

me ajuda que preciso

.

.

.

.

.

.

.

azar em jogo

.

O amor nos deixa

com o coração na mão

da sorte

.

.

.

.

.

.

.

ao extremo

.

Sou pontiagudo

para não machucar

esquivo

ou como queira

me não responsabilizo

.

.

.

.

.

.

.

amore meio

.

Você ama

e odeia

me ao meio

.

.

.

.

.

.

.

fora de rotação

.

Não existo

quando teu êxito me ilumina

mas levanto exausto

e hesito em tua órbita

.

.

.

.

.

.

.

pão nosso

.

A dieta ideal

está no prazer

de comer o amor

com a fome que houver

.

.

.

.

.

.

.

instinto

.

I

O andar das mulheres disponíveis

acaricia as gônadas do olhar

e arrancam suspiros imorais

II

É que, na beldade,

as pupilas são gustativas

.

.

.

.

.

.

.

fazer o quê?

.

O vício adotado

não por acaso

é mal visto

Que culpa tem o Eu?

.

.

.

.

.

.

.

frutos proibidos

.

os imorais com quem andas

são amigos que

cumprem a pena de viver

em liberdade

.

.

.

.

.

.

.

a teu critério

.

Deus é o responsável

pelo destino

pela coincidência e

pela sorte

para ser bem preciso

Pode crer?

.

.

.

.

.

.

.

teorema da relatividade

.

Só se é feliz na boate do templo

em um quarto ao ar livre

sozinho ou acompanhado

.

.

.

.

.

.

.

eu é que sou – campeonato mundial

.

“Aquele sujeito é menos feliz que eu

porque ele ‘não isso’

e sou um pobre infeliz porque não

sou como aquele que

vive daquele jeito

que na minha opinião

todo mundo deveria querer isso também”

.

.

.

.

.

.

.

data de valimento

.

O rótulo que ganhei

passou do prazo

mas não venceu

.

.

.

.

.

.

.

peso mosca

.

Por sorte sou fraco

não enche meu saco

senão não aguento

.

.

.

.

.

.

.

filha da mãe

.

É eufemismo de palavrão

a gente tenta evitar

como a dor

senão ela gruda, a lazarenta

.

.

.

.

.

.

.

perdoer

.

Perder

a dor

doar

amor

perdoar

.

.

.

.

.

.

.

…poema.

.

O sono do triunfo

de um dia

sem segredos

O sossego se fez…

.

.

.

.

.

.

.

biografia

.

Escrever não pertence

ao mesmo tempo

à vida

Viver se sobrepõe nos

espaços

onde a escrita intercala-se

.

.

.

.

.

.

.

básico

.

Necessito de sol

água, terra e ar

para querer ser o que for

uma flor

ou um espinho

.

.

.

.

.

.

.

encarnado

.

O amor é de onde vim

pr’aonde vou, um desafio

malacabado de saudade

.

.

.

.

.

.

.

manhã nublada

.

Continuou dormindo

o adulto

e sonhou

com horários sensíveis

ao Sol

.

.

.

.

.

.

.

princípio do cais:

.

O porto é seguro?

.

.

.

.

.

.

.

toalete

.

O banheiro dos outros

é um constrangedor

silêncio com peidos

inocentes que denunciam

o crime do cocô

.

.

.

.

.

.

.

celebrança*

.

Crianças,

apenas se lembrem

celebrem

sem lembranças

a vida

célebre dança

.

.

* poema vencedor do 1º Concurso de Poesias Cidade de Ourinhos, em 2007

.

.

.

.

.

.

.

ainda não acabou

.

O amor só acaba

na cabeça da gente

onde começou

.

.

.

.

.

.

.

espirais

.

Se a saudade acabasse

a próxima viagem

não teria mais

fim.

Anúncios

3 Respostas

  1. Adorei e já divulguei o endereço por terras e nets capixabas…
    Parabéns!

  2. Vi seu site em um outdoor.
    Eu também escrevo, e por isso adorei!
    Parabéns!!!!!

    Até mais!

  3. Amo escrever……e os seus escritos são mara………bjs….lú.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: